top of page

TEMPO SECO AFETA A SAÚDE DO SEU CACHORRO DE ESTIMAÇÃO


Mas, afinal, a baixa umidade castiga apenas os seres humanos? Para responder a essa e outras perguntas recorremos ao Dr. Bicharada, que é um especialista danado de bom e tem grande carinho e respeito pelos animais. Preste atenção nas dicas importantes que ele oferece para você cuidar muito bem do seu cachorro de estimação:

Sintomas semelhantes

Dr. Bicharada informa que quando a umidade do ar está muito baixa, como acontece atualmente, os cães apresentam sintomas parecidos com os dos humanos: coceira nos olhos, boca seca, dificuldade para respirar, desidratação, etc. É por isso que o movimento nas clínicas veterinárias tem uma alta considerável.

Maioria dos casos

As situações mais comuns são de animais que apresentam problemas respiratórios, principalmente filhotes e idosos que já convivem com doenças como asma e pneumonia. Com aqueles cães que têm focinho curto e já apresentam dificuldade para respirar, nesse período o problema se agrava. Muitos animais chegam a necessitar, inclusive, de inalação para amenizar os efeitos do ar seco. Em cachorros mais ativos, que gostam de correr, brincar e ter uma rotina animada, os efeitos da baixa umidade do ar ainda podem ser mais graves, provocando até mesmo o sangramento nasal.

Doenças virais

Fique atento porque o período seco também favorece o aumento dos casos de doenças virais, que são aquelas disseminadas por inalação. Exemplo disso é a cinomose, que atinge o sistema nervoso dos animais. Ela é altamente contagiosa, muito grave e pode levar ao óbito. Na hipótese do animal sobreviver poderá apresentar sequelas neurológicas. ATENÇÃO: o animal que tem a vacinação em dia fica livre do risco de desenvolver a cinomose.

Combatendo os efeitos da seca

Para evitar que seu animal de estimação sofra problemas graves, tenha sempre disponível água potável fresca. Durante todo o dia, troque a água deles, deixando-a sempre fresquinha para o consumo que deve ser de, no mínimo, um litro. Panos molhados no ambiente que ele fica também são recomendados. Os banhos estão liberados, pois ajudam a refrescar. Faça sempre opção pelas caminhadas no início da manhã ou no final da tarde, quando o sol está mais ameno. Se perceber ressecamento no cotovelo, joelho e nos calos de apoio use um hidratante apropriado. E no mais, segundo Dr. Bicharada, muito carinho, amor e dedicação a eles.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CÁLCULOS URINÁRIOS EM GATOS: COMO PREVENIR?

Quem tem um bichano em casa sabe bem que, normalmente, ele não é muito fã de água e, por isso, ingere pouca quantidade ao longo do dia. Esse hábito adquirido dos seus ancestrais - que não bebiam água

DERMATITE PSICOGÊNICA: COMO PROTEGER O SEU GATO?

Dermatite Psicogênica, popularmente conhecida como Dermatite por Lambedura, é um problema de pele bastante comum nos gatos, geralmente causado por estresse, que leva o animal a se lamber excessivament

bottom of page