top of page

SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO PODE COMER CHOCOLATE NA PÁSCOA?



Há uma semana para a Páscoa, o mercado de ovos de chocolate já está aquecido no Brasil. A data é uma das mais importantes para o setor, porque poucos conseguem resistir ao apelo da indústria que sempre capricha nas inovações.

No entanto, para as famílias que possuem animais de estimação, a proximidade da Páscoa também traz dúvidas, afinal elas gostam de compartilhar com os amigos pet a confraternização de momentos especiais.

Aquela carinha de cachorro ou de gato “pidão” comove o coração dos donos e, muitas vezes, eles não resistem ao apelo e oferecem chocolates feitos para os humanos. Se você gosta, realmente, de seus bichinhos de estimação nunca faça isso.

Não adianta se deixar levar pelo rabo abanando e o olhar guloso. Quando o assunto é chocolate, o melhor é manter o doce bem longe deles. Os veterinários são unânimes em reconhecer que, dependendo do porte do animal e da quantidade que ele ingerir, poderá entrar em coma e até morrer.

O problema começa com a teobromina, substância que faz um grande estrago no sistema nervoso dos cães, e está em 100% dos chocolates escuros. Presente no cacau, ela induz às crises alérgicas, ao aumento da pressão arterial, além de causar taquicardia, arritmia, tremores e convulsões.

O branco tem a menor quantidade de teobromina, cerca de 0,1% miligrama por grama. Já o chocolate ao leite tem aproximadamente 2mg/grama. Tão perigoso como o amargo é o produto em pó, utilizado geralmente em bolos, que chega a ter de 15 a 20 mg/grama.

Segundo a literatura médica, a dose letal é de 100 a 500 miligramas por quilo. O animal teria de comer muito para morrer, mas quando ocorre a ingestão de uma quantidade razoável, pode haver intoxicação provocando vômito ou diarreia.

Por isso, tome muito cuidado com os seus ovos de Páscoa, evitando que eles sejam encontrados pelos seus animais. Agora, não fique totalmente triste porque eles não podem consumir o chocolate produzido para você e sua família.

Como o mercado pet também é muito criativo, já foram desenvolvidas várias opções de bombons e chocossinhos (chocolates em forma de ossos para cães) que não trazem prejuízos para a saúde animal. Esses doces especiais não levam cacau, nem açúcar na composição e possuem cheiro igual aos nossos.

Eles são vendidos nas lojas especializadas em produtos veterinários e certamente vão fazer o maior sucesso na Páscoa. Mas, não se esqueça de uma coisa importante: o consumo deve ser moderado, porque eles não substituem a ração, devido a falta de alguns nutrientes necessários, para manter saudáveis os animais.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FILMES DE NATAL PARA ASSISTIR COM OS PETS

Então é Natal! Chegou a data mais esperada do ano, quando o clima de fraternidade toma conta das ruas e as famílias se reúnem para agradecer e celebrar tudo que foi conquistado ao longo dos doze meses

bottom of page