top of page

SETE DICAS DE CUIDADOS COM O SEU CÃO FILHOTE

Está recebendo um novo amiguinho na sua família? Então é muito importante observar todos os cuidados necessários para garantir o bem-estar do “bebê”. Na primeira fase da vida, os filhotinhos de cães necessitam de muita atenção, paciência e dedicação. Confira as dicas sobre o que fazer nesse momento: 1. CUIDADOS COM A SAÚDE: para garantir um desenvolvimento saudável, é importante iniciar os protocolos vacinais e de vermifugação logo nos primeiros meses. Isso garante proteção ao filhote contras as principais doenças relacionadas à espécie. Veja as orientações da Quatree sobre vacinação. 2. ALIMENTAÇÃO: a necessidade energética do filhote é maior que a de um animal adulto, por isso, ofereça um alimento específico para a categoria. Os cães de pequeno porte devem receber dieta para filhotes, preferencialmente, até 9 a 12 meses; os de médio porte até 12 meses; e raças de grande porte até 18 a 24 meses. 3. ADQUIRINDO HÁBITOS: essa é a fase da vida em que o animal aprende a lidar com várias situações que podem fazer parte de sua rotina. Por isso, realize tarefas básicas para ele se acostumar, como a visita regular ao veterinário, a limpeza de ouvidos e dentes, algumas técnicas de adestramento etc. 4. HORA DE DORMIR: durante a noite, mantenha-o em local aquecido e protegido, de preferência no local onde ele irá dormir definitivamente. 5. FAZER AS NECESSIDADES: é preciso ter paciência para ensinar o filhote a fazer suas necessidades fisiológicas no local certo. Em média, o cão demora cerca de oito meses para aprender definitivamente. Uma dica importante é demonstrar felicidade quando ele fizer no lugar certo, pois o cão precisa entender que fazer suas necessidades é normal. Algumas pessoas repreendem o animal nesse momento e o filhote acaba tendo medo de fazer as necessidades fisiológicas, o que pode até comprometer sua saúde. 6. PASSEIOS: é recomendado que o cão tenha concluído o protocolo vacinal antes de sair de casa para evitar o contato com possíveis agentes de doenças infecciosas. Os passeios, além de serem uma atividade física importante, ajudam o animal a aprender a socializar com outras pessoas e outros cães. 7. BRINQUEDOS: não forneça ao animal brinquedos que ofereçam risco a ele, como peças pequenas que podem ser engolidas e comprometer a saúde do pet. Geralmente, brinquedos que estimulam a inteligência são ótimos para o aprendizado do filhote. Os brinquedos assumem papel no enriquecimento ambiental, desviando a atenção do filhote dos móveis e objetos da casa. Se você tiver alguma dúvida sobre o que fazer com o seu bichinho nesses primeiros meses, a pessoa mais indicada para orientá-lo sobre os cuidados, o manejo, a alimentação, as vacinas e as doenças é o seu médico veterinário. Com esses cuidados, você e seu bichinho terão uma amizade longa e próspera!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FILMES DE NATAL PARA ASSISTIR COM OS PETS

Então é Natal! Chegou a data mais esperada do ano, quando o clima de fraternidade toma conta das ruas e as famílias se reúnem para agradecer e celebrar tudo que foi conquistado ao longo dos doze meses

bottom of page