top of page

SAIU A PESQUISA QUE MOSTRA AS DIFERENÇAS ENTRE DONOS DE CÃES E GATOS NO BRASIL


Quem são os proprietários de cães e gatos do Brasil? Como eles vivem, quais as suas preferências? Foi atrás dessas e outras respostas que o Ibope Inteligência realizou uma pesquisa no país, analisando o perfil daqueles que dividem seus lares com animais de estimação.

O interesse surgiu pelo fato do IBGE ter divulgado recentemente que o país possui 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos sendo que, dos 65 milhões de domicílios no país, 44,3% têm pelo menos um cachorro e 17,7% pelo menos um gato.

Endossada pelo Professor Dr. Ricardo Dias, médico-veterinário da Universidade de São Paulo (USP), a pesquisa ouviu donos de cães, gatos e também aqueles que têm a intenção de ter um animal em casa. As entrevistas foram feitas com homens e mulheres a partir dos 25 anos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Distrito Federal e Minas Gerais.

Os dados revelam que as mulheres têm mais gatos que os homens e os donos são mais jovens e solteiros. Já os donos de cães parecem ter um perfil mais “família”.

Quem são os donos de cães?

51% são casados, moram com mais de uma pessoa e em casas, o cuidado é compartilhado com outros, a maior concentração está na classe A, levam ao veterinário com mais frequência e gastam mais, devido a banho, tosa, ração e veterinário.

E as principais características dos proprietários de gatos?

A maioria é solteira, mora em casas, 63% são mulheres, adotam mais do que compram gatos e geralmente cuidam pessoalmente dos bichanos. Boa parte deles também costuma castrar seus animais e adora buscar informações sobre os mesmos em blogs e fóruns online.

Agora o que todos os donos compartilham é o sentimento de que ter um animal de estimação é sinal de conforto emocional e bem estar, principalmente entre as mulheres. Eles se sentem amados e têm prazer em cuidar dos peludos.

E, afinal, quem são aqueles que planejam adotar um animal de estimação?

São pessoas que vivem em família, mas que também estão interessadas em ter uma companhia do reino animal. Já entre os que moram sozinhos apenas 3% têm animais, porque os outros consideram complicado demais assumir essa responsabilidade sem alguém para dividir.

Moral da história: pelos dados dessa nova pesquisa fica fácil estimar que a presença de cães e gatos nas famílias será cada vez maior, harmonizando a convivência e deixando todos felizes.

Leia também:

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FILMES DE NATAL PARA ASSISTIR COM OS PETS

Então é Natal! Chegou a data mais esperada do ano, quando o clima de fraternidade toma conta das ruas e as famílias se reúnem para agradecer e celebrar tudo que foi conquistado ao longo dos doze meses

bottom of page