top of page

PARABÉNS, VOCÊ ACABA DE ENTRAR NA PESQUISA NACIONAL SOBRE O MUNDO PET



Não é somente através de carinhos e cuidados no dia a dia, que os brasileiros apaixonados pelos animais de estimação têm demonstrado respeito por eles. Diferentemente de décadas atrás, em que a criação de cães e gatos domésticos não exigia muita atenção, hoje, as pessoas que se propõem a cuidar deles estão cada vez mais antenadas na evolução dos tempos e, consequentemente, na profissionalização do setor.

E aqui vão as provas: depois de experimentar, em 2013, um ano de crescimento recorde, o setor de pets projeta um faturamento ainda mais expressivo para 2014. Segundo projeção que a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) acaba de divulgar, deve haver um aumento de 9,2% nas vendas, consolidando o Brasil como o segundo mercado mundial, perdendo apenas para os Estados Unidos.

O crescimento das vendas ocorrerá em todas as indústrias de pet – alimentos, equipamentos, acessórios, produtos de higiene, beleza, veterinários, serviços e cuidados com os animais. As exportações, por sua vez, deverão ganhar maior impulso, uma vez que há matéria-prima em abundância, o que deixa o Brasil mais forte no mercado internacional.

Nosso país é o que detém mais marcas de produtos no setor, com mais de cem indústrias em atividade. Além disso, no ranking das maiores empresas do planeta, duas são brasileiras. Segundo dados da Abinpet, existem hoje no Brasil mais de 37 milhões de cães e o número de gatos supera os 21 milhões. O país é a quarta maior nação do mundo em população total de animais de estimação e a segunda em cães e gatos.

Outro dado muito interessante está na pesquisa nacional desenvolvida com os donos dos animais de estimação. Quando perguntados sobre as visitas aos veterinários, 68% responderam que fazem isso regularmente. Quando o assunto foi a alimentação, 75% responderam que fazem questão de qualidade, por isso optam por uma ração de confiança.

A pesquisa quis saber também o que os donos acham das despesas que a criação de animais representa e eles foram quase unânimes em responder que os amigos de quatro patas são considerados “da família” e nessa condição também precisam de investimentos na saúde e no bem estar.

O amor que os humanos sentem pelos seus bichinhos também entrou na pesquisa com 100% de respostas elogiosas. Moral da história: o mercado pet vai continuar crescendo justamente pela afetividade das partes e o respeito, cada vez maior, que os donos têm pelos seus bichinhos.

Parabéns a você que também faz parte desse time. Em matéria de carinho e respeito, o coração é quem manda. Quanto à qualidade das rações deixe por conta da Granvita, que a gente sempre vai corresponder à sua confiança.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FILMES DE NATAL PARA ASSISTIR COM OS PETS

Então é Natal! Chegou a data mais esperada do ano, quando o clima de fraternidade toma conta das ruas e as famílias se reúnem para agradecer e celebrar tudo que foi conquistado ao longo dos doze meses

Comments


bottom of page