top of page

OUTUBRO ROSA – CÂNCER DE MAMAS EM CÃES


Em Outubro, todos nós sabemos que é mês da luta mundial contra o câncer de mama, e nós não podíamos ficar de fora. Hoje vamos falar um pouquinho mais sobre o câncer de mama que é muito comum em cadelas, o que a torna umas das doenças mais temidas para os donos.

Felizmente o câncer de mama, quando diagnosticado precocemente, tem tratamento bem eficaz e consegue-se em muitos dos casos, a cura da doença. O problema dessa enfermidade, é que muitas das vezes ela não apresenta sintomas, age de forma silenciosa, sem provocar alterações no comportamento do animal. Por isso indicamos visitas periódicas ao veterinário, além é claro, de ficar atento a qualquer tipo de comportamento ou sintoma anormal no seu bichinho.

Como havia dito anteriormente, essa terrível doença nem sempre apresenta sintomas na fase inicial, mas, existem alguns sintomas que devemos ficar atentos, pois eles acompanham nossos fofuchos que já estão com a doença em um estágio mais avançado, são eles:

  1. Caroços na região das mamas

  2. Inchaço ou dilatação na área mamária

  3. Dores na região das mamas

  4. Presença de secreções nas mamas com odor desagradável

Os diagnósticos dessa doença são feitos por exames clínicos da região mamária, exames de citologia, tomografias, radiografias e até mesmo ultrassonografia, todos devem ser solicitados pelo veterinário, após uma consulta e análise clínica do estado do pet. Não podemos esquecer as biópsias que costumam ser requisitadas pelos veterinários para saber se o tumor é maligno ou benigno.

Com o diagnóstico concreto em mãos, entramos na fase de tratamento e na maioria dos casos, o procedimento cirúrgico para retirada completa do tumor é o mais eficaz. Se o animalzinho já estiver em uma fase mais avançada da doença e o câncer estiver se espalhado por todo o corpo (metástase), as chances de cura são pequenas, então o tratamento mais indicado é administração de remédios para aliviar as dores e os sintomas recorrentes da doença.

Resumindo, precisamos sempre prevenir! Leve o seu pet ao veterinário regularmente e fique sempre atento a qualquer variação de comportamento do seu bichinho.

Outubro Rosa, a Granvita apoia! :)

>Fontes:

 

Saiba mais:

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CÁLCULOS URINÁRIOS EM GATOS: COMO PREVENIR?

Quem tem um bichano em casa sabe bem que, normalmente, ele não é muito fã de água e, por isso, ingere pouca quantidade ao longo do dia. Esse hábito adquirido dos seus ancestrais - que não bebiam água

Comments


bottom of page