top of page

GRIPE: SIM, ELES TAMBÉM TÊM!

A gripe é uma das doenças mais comuns entre os seres humanos. E entre animais também, incluindo nessa lista os cães e os gatos. Os sinais são tão evidentes como aqueles que aparecem nos donos, portanto, detectar esse mal-estar pode ser muito fácil. Mas se os sinais piorarem, somente o veterinário pode tratar seu bichinho. Relacionamos abaixo o que você deve saber sobre a gripe nos pets. Confira! ·  Nos cães, a tosse do canil é a doença mais comum que envolve as vias respiratórias. Chamada também de Traqueobronquite Infecciosa Canina, esta doença é altamente contagiosa e sua transmissão ocorre através do contato direto entre cães saudáveis e cães infectados, ou indiretamente através de objetos contaminados por secreções respiratórias. A tosse do canil é provocada por um ou mais agentes infecciosos, tais como os vírus da parainfluenza canina e o adenovírus canino tipo 2, ou ainda por bactérias, sendo a mais comum a Bordetella bronchispetica. Os principais sinais da doença são: tosse curta e repetida de som seco e movimentos de vômito, como se o animal estivesse engasgado e, às vezes, corrimento nasal. Normalmente a tosse do canil é autolimitante, ou seja, entre 4 e 15 dias o animal está livre da doença. No entanto, se os sinais persistirem por mais de 15 dias ou agravarem durante este período, um tratamento deve ser estabelecido pelo médico veterinário. ·  Já nos gatos, as doenças respiratórias têm como principais causadores o Herpesvírus Felino-1 e o Calicivírus Felino. Estes vírus são responsáveis pelas doenças respiratórias Rinotraqueite e Calicivirose, respectivamente. A transmissão ocorre geralmente de forma direta entre o contato do gato saudável com a secreção nasal ou ocular de gatos infectados, e indiretamente através de objetos compartilhados que estejam contaminados. De modo geral, os sinais se apresentam com úlceras na cavidade oral, febre, rinite, espirros e conjuntivite. Existem no mercado vários tipos de vacinas, que são consideradas seguras e eficazes na prevenção ou redução dos sinais associados às doenças respiratórias citadas. A melhor forma de tratar ou prevenir a gripe dos gatos é procurar a ajuda do médico veterinário para estabelecer um tratamento eficaz ou para montar um protocolo de vacinação efetivo na prevenção destas e de outras doenças. Uma das formas de aumentar a resistência do seu bichinho e melhorar sua qualidade de vida é dar a ele uma alimentação de qualidade. Compre rações equilibradas, com nutrientes que potencializem a saúde do animal!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

CÁLCULOS URINÁRIOS EM GATOS: COMO PREVENIR?

Quem tem um bichano em casa sabe bem que, normalmente, ele não é muito fã de água e, por isso, ingere pouca quantidade ao longo do dia. Esse hábito adquirido dos seus ancestrais - que não bebiam água

DERMATITE PSICOGÊNICA: COMO PROTEGER O SEU GATO?

Dermatite Psicogênica, popularmente conhecida como Dermatite por Lambedura, é um problema de pele bastante comum nos gatos, geralmente causado por estresse, que leva o animal a se lamber excessivament

댓글


bottom of page